Opa, também acho!

Do Estadão:

Vereadores cobraram nessa terça-feira, 9, de José Serra (PSDB) a defesa das realizações do prefeito Gilberto Kassab (PSD) como condição para entrarem “de cabeça” na campanha do candidato no 2.º turno das eleições municipais. A cobrança, uma orientação do próprio Kassab, foi feita pelo líder do PSD, Marco Aurélio Cunha, de Roberto Trípoli (PV), líder de governo e vereador mais votado, e do presidente da Casa, José Police Neto (PSD).

Parte dos 41 vereadores da base kassabista na Câmara Municipal defende que grandes obras do prefeito, que ajudaram a eleger os cinco parlamentares mais votados da capital, foram ignoradas por Serra no 1.° turno. […]

“Trípoli repetiu as palavras de Cunha e falou que Kassab é um “injustiçado” na briga entre PT e PSDB.

“É um prefeito que acorda às 5 horas e vai dormir às 3 horas da madrugada. E que ainda não teve o reconhecimento merecido. É inconcebível ver uma gestão sem nenhum escândalo de corrupção ser atacada sem defesa”, criticou o líder de governo. (segue)

Os vereadores têm razão. Primeiramente, o “desgaste” da gestão Kassab é como a “privataria tucana” usada em 2006. É discurso repetido à exaustão pelo PT até colar na população troncha, mas não tem fundo de verdade. A própria matéria menciona feitos do Kassab, e enumeramos mais alguns (sem ordem de importância), com os os vereadores que os projetaram:

1) O hospital gratuito para cães e gatos (Roberto Trípoli, vereador eleito com maior número de votos).

2) Lei Cidade Limpa (Andrea Matarazzo, vereador segundo colocado)

3) Parques na orla da Represa Guarapiranga (Antonio Goulart, terceiro colocado).

4) Reurbanização de favelas na zona sul (Milton Leite, quarto lugar).

5) Operação Delegada (Coronel Telhada, quinto colocado).

6) 114 AMAs (Assistência Médica Ambulatorial).

7) Manutenção/investimento no Autódromo de Interlagos, para um evento que vem trazendo divisas para a cidade há décadas.

8) Fórmula Indy e inúmeros outros eventos esportivos.

9) Tratativas em andamento para trazer a Expo 2020 para São Paulo (e um sem-número de negociações relacionadas à vocação da cidade: o turismo de negócios). Tratativas em andamento para o Centro de Convenções de Pirituba.

10) Manutenção e ampliação de grandes eventos, como a Parada Gay, a Virada Cultural e a Virada Esportiva.

11) A tão esperada reforma da Praça Roosevelt, além da criação de muitas outras praças e parques/áreas verdes, muitas em parceria com o governo estadual, ampliação de ciclovias, aluguel de bicicletas, etc.

12) Gestão financeira impecável (sem roubo, sem escândalos de corrupção e sem raspar o caixa mensalmente, prática defendida por Haddad).

13) Parceria com governo do estado para grandes obras, como ampliação da Marginal e extensão/melhoria de metrô e trens.

14) E o horror do paulistano catimbento: trânsito, com multas por excesso de velocidade e condições técnicas e físicas para uma inspeção veicular ambiental eficiente (inaugurou recentemente o maior centro de inspeção veicular do mundo, no Tatuapé, totalizando 27 centros em 16 endereços).

Isso e muito mais. Tirei da memória, porque a coisa mais difícil do mundo é achar alguma lista de menções boas a Kassab. O discurso bate-estaca de que Kassab é ruim acabou contaminando a população que pensa através dos “outros”, que berram demais nas redes, seja por ingenuidade, interesse político ou profisional.

O PSDB não pode cometer o mesmo erro de 2006, nas eleições presidenciais, quando se amuou com esse tipo de discurso destrutivo e deixou de mostrar seus feitos. Tem de mostrar que tipo de pensamento é o correto para governar, levantar a cabeça e seguir em frente.

Anúncios

14 opiniões sobre “Opa, também acho!”

  1. Que bom que você voltou, Letícia. Estava esperando um post seu sobre as eleições e finalmente ele chegou!
    A gestão Kassab precisa ser defendida, sim. Espero que coloquem o foi feito; parece que passamos seis anos sem nenhuma realização, o que não é verdade. Sempre há e haverá o que fazer em São Paulo, buscam uma perfeição que não julgo ser capaz de existir, pois o ser humano é insatisfeito por natureza.

  2. Opa, também acho!

    O PT precisa de adversários com serenidade para não comprar provocações e muita energia para repeli-las. Ficar parado achando que os seus atos falarão por si mesmos é de ingenuidade incompatível com quem tem aspirações à liderança nacional. Parece aquelas empresas que não gastam um tostão em publicidade esperando que a qualidade do produto fale por si mesma e o boca-a-boca cuide do resto.

    Pois se o boca-a-boca foi dominado pelos concorrentes, seu produto pode até ser de ouro a preço de capim mas ninguém vai querer comprá-lo.

  3. Só acho meio tarde para essa defesa agora. O Serra tem que aprender a atacar as bobagens do PT na gestão Marta. Não o vi nenhuma vez evocando a taxa do lixo, por exemplo. E as obras abandonadas, escolas de lata, etc. É que isso causa mais impacto nos “pobrezinhos” que votam no PT. Os quase dois milhões de eleitores dele no primeiro turno já sabem e aprovam o governo do Kassab. Falta agora mostrar as obras do PT. Até o tal Kit gay – que nem discuto o conteúdo – mas sim os custos de produção jogados no ralo com o recuo do ministério que ele administrava. A tragédia no Enem, o abraço fraterno no Maluf, na companheirada mensaleira, etc. O povão que vota nessa turma só entende esse tipo de informação, infelizmente.

  4. E veja quanto material a oposição tem a disposição todos os dias, Leticia. Reparem só como é bela a relação do governo federal com os aliados:

    Olhem o que diz o Haddad sobre o apoio do PDT de Paulinho da força ao Serra

    “Não entendi [o apoio a Serra], porque o PDT está no governo Dilma. Vai entregar o ministério então?”, questionou o candidato petista. “Eu não entendi, eu conheço o Brizola Neto [atual Ministro do Trabalho e um dos líderes da sigla], ele é meu amigo. Certamente me apoiaria se ele fosse de São Paulo”.

    Sobre o PRB do Russomano saiu isso na Folha

    “Já a tendência do PRB é que apoie a candidatura petista. A presidente Dilma Rousseff avisou ao ministro Marcelo Crivella (Pesca) que o partido perderá o ministério se apoiar Serra. Uma nova conversa deve acontecer ainda hoje.”

    Parece que ninguém se lembra da entrevista de Dilma ao Fantástico. A “xerifa” quase bateu na Patricia Poeta por citar o famoso toma lá da cá. O mérito de sua aprovação não é do povo e sim da oposição.

  5. Dulce, obrigada! Voltei faz uns dias, e estou pondo ordem na casa, que passou por pintura e até hoje não tinha tido tempo de arrumar tudo. E pior, com esse calor!

    E você tem razão, São Paulo não é Treze Tílias, haverá sempre algo a fazer, na contramão das ações vândalas de certa parte da população. São motoristas assassinos, proprietários de imóveis relaxados, cidadãos descompromissados, pedestres autistas, jovens sem educação vinda de casa… A Prefeitura tem de lidar com tudo isso e mais um pouco. Não é justo que se deixe todo o Brasil ao léu e venha-se cobrar justamente daqui. Agora a onda é carioca – carioca! – dar pitaco na cidade, pode?

    Imagina, Claudio, vocês mandam aqui…

    Olha, com todo esse arsenal enlouquecido contra São Paulo (é sempre contra a cidade, um misto de política e regionalismo jeca), ainda conto com o bom senso da maioria da população. De qualquer modo, lamentável o governo, a maneira de pensar do PT. LAMENTÁVEL, me sinto em Papua Nova Guiné.

  6. A verdade é que São Paulo ficou mais bonita na gestão do Kassab. Só a lei cidade limpa, teve como consequência o aparecimento de fachadas maravilhosas dos prédios antigos de Sampa.

  7. Pois se vocês lembrarem, quando o Russomano disparou nas pesquisas eu escrevi aqui que para o Serra cabia a defesa da gestão Kassab além da própria desconstrução do Russomano, que no fim das contas, foi mais fácil do que aparentava.

  8. Leticia, voltou com rigor e num bom momento, quando área está sendo, paulatinamente, limpa, judicialmente, de incautos que imaginaram um País refém, adorador de troncos cheios de cupins, de heróis inventados, de sofridos que sempre viveram muito bem etc.

    Mas, como as campanhas do PSDB já encheram o pacová, passou da hora de dar uns trancos, de dentro para fora. Pois, os de fora sentam o cacete e o pessoal enrola-se para dentro qual caramujos na cascas. Melhor, qual lesmas e jardins…

    Só umas perguntas para o pessoal, Serra, Alckmin, Kassab, Matarazzo, agregados e outros que parecem terem perdido o juízo: quem vocês querem para Prefeito de São Paulo: Serra ou Haddad?
    Da mesma forma deveria ter sido perguntado nas últimas presidenciais: vocês queriam Serra ou Dilma?
    Na outra, anterior, vocês queriam Alckmin ou Lula?
    E na anterior ainda: queriam Serra ou Lula?

    Caramba!!! O que esse pessoal quer, afinal? Chega época de campanha e some todo mundo? Há críticas pesadas vindo faz tempo e ninguém, responde? Essas críticas, espertos, estão fixando na mente do eleitor médio que o PSDB é de direita, é higienista, é golpista, é privatista e contra pobres…Será tão difícil assim perceber isso, depois de tanto tempo? Onde estava Alckmin na campanha de primeiro turno e onde está agora? Precisa ficar essa discussão atrasada e tola para saber se falam de e se mostram Kassab, ou não? Oras, há pouco tempo, Kassab seria fundamental para a vitória, mesmo assim demoraram séculos para fechar a aliança. Aliança fechada, Kassab sumiu ou foi escondido.
    E querem saber mais? Pois, bem: vão perder as eleições no segundo turno. Pronto.
    O adversário já abriu 10 pontos de saída!!! E o que analisam os gênios? Ah, isso é efeito carregamento ou sabe-se lá que porcaria é essa.
    Querem saber o que está faltando? Pois bem: os aliados assumirem o candidato e fazer campanha.
    E o que está faltando ao candidato? Pois bem: assumir os aliados e fazer campanha.
    No dia 28, talvez apareçam para votar fazendo o sinal “V” do Churchil. Só que Churchil nunca deixou de mobilizar os ingleses e aliados contra os nazistas. Onde entrava tropa nazista, lá ia uma força expedicionária britânica. E Churchil venceu. Então, por favor, parem de fazer o gesto de vitória para as câmeras!!!
    Que coisa mais besta!!!

  9. Só mais algumas coisas:

    1) Mensalão: lembrar que o mensalão e aloprados no auge, não impediu Lula de vencer eleições presidenciais em 2002, de reeleger-se em 2006 e nem de eleger eleger o sucessor em 2010.
    2) Com um candidato ruim, cheio de problemas de gestão no MEC (Enem, kit), colocou-o no segundo turno para Prefeito em 2012.

    O que é ele? Um gênio? Não.
    Então, não precisa nem dar o nome do bicho a quem disputa com ele.

  10. Olá Letícia, que bom tê-la de volta.
    Sobre as eleições e o reconhecimento ao Governo Kassab, realmente, existem vários pontos bons. Só não acredito no Controlar…os carros que realmente necessitam de inspeção não estão passando por lá…sei lá….
    Sobre o segundo turno, infelizmente, o cofre da cidade será entregue de bandeja para o PT, não há como reverter…..farei minha parte e votarei no Partido que prima pela honestidade e transparência, talvez peque na combatividade. Ocorre que, enquanto faço isto, 60% da população fará o contrário. Serão 04 anos muito ruins e inesquecíveis. Um abraço.

  11. A “oposição” tem agora um paiol abarrotado de munições para enfrentar a tropa lulista.
    O que está faltando é Fernando Henrique, Alckmin e Aécio entrarem de cabeça na campanha de Serra.
    Haddad tem os pés de barro. Incompetência, má gestão e apoio de corruptos consagrados grudam nele como visgo.
    Quanto ao mensalão, acho que deve ser explorado ao máximo. Nunca esteve tão exposto, na berlinda, como agora.
    Lembrando que o braço direito e mentor de Lulla, Dirceu, está sendo condenado pelo Supremo. Hoje a população está ciente do envolvimento do ex-presidente em toda a tramóia. Logo, este também enfrentará as barras dos tribunais.
    O negócio é partir pra cima. Como diz o tiririca: “pior do que está, não fica”!

  12. Claro, Iolita! E não foi só na Cidade Limpa, não. A saúde se arrumou, o trânsito melhorou… Hoje mesmo passei pelo Hospital Sorocabano, aquele que sofreu com roubos do tal sindicato e que a Prefeitura/Estado tomaram a tarefa de reabrir. Sei que por enquanto há uma AMA funcionando lá, e a reforma vai andando, embora a gente não veja. Porque consertos do lado de fora são a última coisa que veremos, é a parte mais fácil de fazer. O difícil é dentro.

    Fábio, tem razão. Mas acho que a verdade sobre a gestão deve ser esgrimada contra o PT, que foi quem, afinal, inventou esse discurso de que Kassab é péssimo.

    Dawran, Alckmin resolveu viajar pelo BR apoiando candidatos. Achei bobagem. Alckmin, assim como Serra, falam grego pro resto dos brasileiros.

    Schu, obrigada, muito obrigada! Este ano não foi bolinho. Aliás, os últimos anos não têm sido lá muito organizados. Mas espero que eu me ajeite até o fim do ano. Mas vou logo avisando: se Haddad levar eu fecho a portinha aqui. Ou, pelo menos, posterei oposição quando for o caso. Vai depender dos escaninhos mentais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s