Tirando uma linha da cidade

Não é por nada, mas a cidade estava exatamente assim ontem à noite. O anúncio fala por si, e, juro, não é exagero.

Ontem, no primeiro gol, eu fui pra janela. Em meio aos fogos, o único ser vivo que vi foi o carinha do estacionamento em frente, pulando sozinho. Fora ele, não havia uma viva alma na rua.

Taí então a propaganda pra quem não viu. Foi muito benfeita, e vale por isso mesmo, porque uma camisa oficial nessa lojinha custa os olhos da cara e mais um pouco, e não sobrevive a uma máquina de lavar. Melhor comprar no camelô mesmo…

Se bem que esses dias só restava camisa do Adriano…

Anúncios

5 comentários em “Tirando uma linha da cidade”

  1. Se dependesse de mim e de minha adoração por futebosta, Neymar e Pato seriam frentista de posto de gasolina, Adriano, com aquele tamanho todo, seria estivador e por aí vai… A habilidade deles com uma bola pra mim não vale nada, zero…

  2. Tea Party, na minha ignorância futebolística, acho que esse negócio de criar ídolos vai muito mais da necessidade de trocar o anúncio a cada 15 minutos do que propriamente talento ou qq. coisa ligada tradicionalmente a fama.

    O Neymar, por exemplo: eu mesma, que já sou velhinha, acho meio saudosista essa coisa de vê-lo em anúncios por todos os lados, e tb acho que já passou da hora de ele trocar de penteado. O próprio pai dele disse que já descobriram suas manhas, não foi isso? E as manhas do Neymar, vamos combinar, né…? A principal delas chama-se TEATRO.

    O Ronaldo ainda foi um pouco melhor. O Adriano…. bem, até pra ser estivador precisa ter uns contatos, bem diferentes daqueles que ele tem no Rio.

    Mas eu adorei o anúncio do vídeo. Até porque foi assim MESMO!

  3. A Nike não teve a coragem de mostrar a cara, com medão de perder clientes, como fez no “manifesto” publicado na véspera da final da Libertadores, provocando os “antis”. Escondeu-se detrás da obscura loja Poderoso Timão, parceira na venda de material esportivo para os fanáticos. A peça pode até ser benfeita, mas é imoral, como todos os negócios da Nike.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s