Enquanto isso, no Sírio…

Tragédia no Rio, e ontem quase pitaqueei bobagem aqui. Ia falar de gás – algo sem dúvida útil, mas que deixo para a próxima.

Só tenho a dizer – correndo novamente o risco de falar bobagem – que agora pela manhã, já inteirada de análises mais concretas, lembrei da reformitcha na minha cozinha. Era uma cozinha, uma área de serviço, um banheiro e um quarto de empregada – paredes, portas, basculantes e batentes demais para meu gosto. Derrubei tudo e desloquei o banheiro, pra ficar mais amplo, mas mantive colunas e vigas, é claro.

Lembro quando pedi à administração do prédio um mapa dessas estruturas e…. não havia.

Isso é mais ou menos igual para todo o Brasil. De moradores a construtores, de usuários a pedreiros, aí está a essência de que somos feitos.

Mas estamos em São Paulo, então falemos da essência de Lula:

Tomo pela enésima vez as palavras de Reinaldo Azevedo, num trecho que resume pá-buf do verdadeiro quem é quem na feira de vaidades:

[…] Já notaram que jamais se estranhou isso na imprensa? Os leitores muito jovens — e os tenho aos montes, felizmente — talvez não se lembrem, mas uma das críticas em que a imprensa se fartava era a tal “vaidade” de FHC… A acusação era sempre ressentida, meio bucéfala, tentando demonstrar que era uma ilusão ele se achar superior aos demais políticos só porque era intelectual. Ele jamais havia se declarado assim, mas e daí? Imaginem se o tucano carregasse um fotógrafo pra cima e pra baixo… Ao contrário: FHC já declarou que gosta é de privacidade.

Não Lula! Com ele, até o câncer tem de ser um espetáculo e de render flashes. VOCÊS JÁ SE DERAM CONTA DO ABSURDO QUE É CARREGAR FOTÓGRAFO EM SESSÃO DE QUIMIOTERAPIA E RADIOTERAPIA??? Pra quê? Por quê? A única resposta possível é esta: POLÍTICA! Luiz Inácio Apedeuta da Silva usa o câncer para reforçar a mitologia. Se puder aparecer ao lado de um ator querido por muitos, que também leva adiante uma batalha e tanto, melhor!

[…] PS – Pior sorte teve Mário Covas. Doente de câncer, tomou bandeiradas na cabeça dos petistas, até sangrar. (íntegra)

O câncer ainda é, sim, um fantasma na cabeça da população. Porque o povo é ignorante, porque não tem acesso ao novo, ao novo-médio, ao novo-antigo. Grande parte dos brasileiros anda acha que câncer é sentença de morte. Daí ver Lula ainda vivo configura-se não no fato de ele ter acesso aos melhores tratamentos, mas num milagre emanado de sua essência divina.

Porteiro antigo do meu prédio me pegou ontem pra saber por que levou multa da Receita Federal.

Porque seus rendimentos ultrapassaram o teto em 2010 e você não declarou, Oliveira! Você nunca fez declaração, Oliveira?

Não.

– Então você está marcando touca, Oliveira! Olha só seu holerite, todo santo mês te descontam o imposto de renda retido na fonte. Se você não declara, não tem direito à devolução, Oliveira!

Oliveira passou esses anos todos deixando grana para o governo sem que um puto, um putinho da administração deste prédio orientasse o coitado. Coisa tão simples que poderia declarar para todos eles, pra ensinar, pelo menos no início. Ou um filho, um neto… Ninguém lhe valeu.

Imagina reforma em prédio. Imagina reforma de mitos…

Anúncios

13 opiniões sobre “Enquanto isso, no Sírio…”

  1. Parodiando Pessoa: “Tudo vale a pena quando a alma É pequena.”

    Lulla e toda a sua troupe de assessores, marqueteiros e pucha-sacos são de uma boçalidade à toda prova.

    Gianichini, por educação, não teria como negar-se a posar ao lado de um ex-presidente.
    Como dizia Ribamar Marimbondo, há que se respeitar a liturgia do cargo.
    Mas, não há dúvida que a foto será explorada politicamente ad nauseam.

  2. É mas… a prefeitura tem obrigação de ter arquivadas essas plantas! Não sei como é em SP, mas no RJ, a prefeitura não só não deve ter as plantas arquivadas, como deve passar DÉCADAS sem fazer vistoria em imóveis… ou seja, pode gastar UM BILHÃO E MEIO em 3 reformas no Maracanã em menos de 10 anos, mas não consegue manter uma estrutura de polícia edilícia.

    Prédios caindo é negócio comum no Brasil. Acontece no RJ, em SP, em Curitiba, Porto Alegre e Recife, só citando as cidades onde eu lembro que aconteceram fatos parecidos. Mas o que me deixa p… é isso mesmo, sempre tem dinheiro para bobagem, mas para coisa séria, sobra apenas a irresponsabilidade. Fala-se do “legado” da Copa, mas não se lembra do básico, que é fazer as cidades funcionarem!

    Quanto ao ex-presidente, pouco a dizer, ele apenas repete o comportamento das massas, que é deslumbrar-se até com tratamento de câncer! Ele é um fenômeno de mídia porque suas atitudes são parecidas com as atitudes mais rasteiras do povão que tenta exibir uma prosperidade que não tem!

    E o porteiro?

    Aqui no escritório, a gente tem o costume de avisar as pessoas obrigadas a declarar IR por meio de um bilhetinho grampeado no holerite. É certo que a maioria nem lê, outros não aparecem no prazo e outros perguntam quanto custa e saem à procura de serviço mais barato… mas mesmo assim, eu discordo de você: NINGUÉM no prédio tem a obrigação de explicar pro indivíduo que ele tem que declarar IR, isso é obrigação dele. É engraçado que se você perguntar, TODO MUNDO sabe o horário do próximo jogo do Corinthians ou do Flamengo, ou o dia de eliminação do BBB, ou ainda quem é a peladona do momento em Playboy… mas se perguntar quando vence a declaração de IR, o que é restituição e como se consegue ela, ninguém tá nem aí, como não estão nem aí para o fato de que pagam impostos e não percebem, razão pela qual muitas vezes não dão bola para as atividades dos políticos.

    A declaração de IR vence no último dia útil de abril há umas 3 décadas! E mesmo assim, nada do povão acordar, no dia 30/04 há filas em escritórios de contabilidade e nos guichês de RH e agências bancárias e pedindo segunda via de comprovante de rendimentos.

    E quando o indivíduo é multado pela receita, não raro ele culpa o contador da firma onde trabalha, diz que não o avisou, como se obrigação legal dependesse da intervenção de terceiro!

  3. Schu, verdade nua e crua é que eu, Reinaldo, blogueiros e a imprensa já vamos nos desincumbindo desse papel ao botar a fotinho aí.

    Fábio, certamente a Prefeitura tem a planta. Mas absurdo que as pessoas e a administração não tenham. Isso devia vir com a escritura, não?

    E quanto ao IR, há muito mais explicações sobre os campeonatos do que sobre a necessidade de declarar. As pessoinhas pensam que declarando, tem de pagar. E o povo do holerite nem sabem que tem direito a devolução.

  4. O fato mais digno de nota é que tenham admitido que Lula é quem foi visitar o ator. Sendo o filho da dona Lindu quem é, estou surpreso que não tenham divulgado o contrário…

  5. É mesmo, né?, Pão com Manteiga… Note que o ator está com roupão sobre o pijama, e Lula está com roupa de visita, sem se incomodar com questões comezinhas de higiene e cuidado com o rapaz.

    Não me surpreenderia se tivessem convocado o Gianechinni e a mãe dele, delicada, dizer que não seria bom o rapaz sair do quarto.

    O fato é que Lula, sem cabelo e barba e sem poder falar, perdeu todo o borogodó que arrastava multidões.

  6. Pois é, Leticia.

    EU não sei como são as leis em SP, mas existem lugares onde, para derrubar uma parede dentro de um prédio é preciso alvará de reforma justamente pelo risco de um pedreiro desavisado colocar tudo em risco. Se pegarmos alguns prédios contemporâneos então, em edificação dita “estrutural” onde há poucas vigas e pilotis e parte da construção se mantém em pé pela estrutura da própria parede isso se torna dramaticamente obrigatório.

    Quando procurava apartamento com a minha Leticia, me assustei com as estruturas de alguns prédios (padrão de uma construtora com cara bonitinha, anunciada por BELAS modelos na TV) em que, se eu pensasse em derrubar uma parede, colocava o complexo inteiro em perigo de desabar.

    Não se entregam plantas e projetos de apartamentos para as pessoas por dois ou 3 motivos:

    a) É uma quantidade imensa de papel, são plantas baixas com projeto estrutural, memoriais descritivos, plantas elétricas, hidráulicas, laudos sobre manejo do solo, etc…

    b) Quase ninguém entende o que elas dizem;

    c) Boa parte disso é feita por meio eletrônico hoje em dia.

    É por estas razões que as prefeituras DEVEM ter o arquivo das plantas destes imóveis e devem fiscalizar as obras e reformas. Eu tive um caso aqui em Curitiba, em que o fiscal da prefeitura visualizou de outro prédio, um puxadinho de madeira feito por um síndico na lage do prédio. Ele multou e entrou com ação demolitória e quando a gente tentou dizer que era uma área revitalizada, a prefeitura simplesmente juntou planta e disse que não estava prevista no alvará de construção e devia ser demolida, não importava se não causava pressão estrutural, se era leve, se não incomodava ninguém.

    E na verdade eu mesmo havia dito para demolirem aquilo e deixarem a discussão, porque era um puxadinho feito para ser usado de motel pelo síndico, que quis brigar. Resultado, perdeu e ainda assumiu a multa diária por um bom tempo, até hoje, passados uns 10 anos, isso ainda impacta nas taxas de condomínio…

  7. Está correto, Leticia, o que disse sobre o tratamento. Doentes famosos dizendo que recebem energias misticas para superar doenças graves. Oras, a cura está com os excelentes médicos, os excelentes hospitais, as excelentes drogas e técnicas de detecção e terapêutica. Mas, deve estar falando, sim. Senão, como faria as articulações que tem feito. Libras? Duvida-se. O câncer estaria quase curado, não é? Não morreria disso, não é? Mas, permanece o enaltecimento da doença para deificar o paciente. Deveriam dizer: estamos curados. E tirar essa pose de santos da cara. Ninguém deveria gostar de ficar doente. Subdesenvolvimento sério.

  8. Fábio, prédio de hojindía não pode nem pregar um quadro na parede. A não ser que você combine com o morador do outro lado…

    Pois esse lance de planta é uma bagunça. É um assunto técnico entregue na mão de moradores, mequetrefes por excelência. Minha sorte foi ter um pouco de miolo, gente capacitada à minha volta e um excelente pedreiro.

    Dawran, assunto com o qual não se deveria brincar. Câncer ou qualquer outra doença deveriam ter os melhores médicos e tratamentos para TODOS. Nhé-nhé-nhé místico de ator ou safadeza de político é coisa de gente atrasada. Ambos estão brincando com o sofrimento das pessoas.

  9. Leticia, até um jogadora de vôlei, recentemente.
    Ao ser indagada por repórter sobre uma lesão, falou que sarou pela energia da torcida na quadra etc. etc. etc. Isso é errado. Subdesenvolvido.

  10. Pelo menos o Lula doente não tem aparecido tanto na imprensa pra falar suas baboseiras de sempre. Andar com um fotógrafo a tira-colo é deprimente. Lembro de uma foto no hospital quando Lula e sua mulher foram visitar José Alencar, que tratava-se contra o câncer. O cara quase morrendo e o Lula lá, em plena emergência, com roupas vindas da rua, sem proteção adequada. Uma vergonha.

  11. Não é, Isabel? “Ah, mas eu vim de carro”, diria o apedeuta.

    Carro em que metade do partido já sentou o traseiro. Não acho certo.

    A gente fica cheia de firula até pra visitar bebê… Quando meu sobrinho nasceu, não vi o rostinho dele antes de tomar um banho. E olha que cheguei no meu carro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s