Bonitinho e normal

E, melhor, não carrega bom-mocismo forçado (e falso!), como ceeeeertos goleiros por aí. É o que é.

O Flanela é corinthiano mas é justo.

Beijo no Marcos, com votos de boa sorte.

Anúncios

11 opiniões sobre “Bonitinho e normal”

  1. Logo após o final da copa de 2002, lembro do Marcos dizendo a um jornalista que o que ele mais gostava de fazer era ficar horas jogando conversa fora com qualquer pessoa no clube. E era esse o motivo dele sequer analisar as propostas que vinham do exterior após a copa. Preferiu disputar a série B do brasileiro do que defender um grande time europeu. No próprio Palmeiras, mesmo sendo unânime até entre os torcedores, jamais foi responsável por discussões, brigas internas, demissões de técnicos… É, como disse a Malu, uma boa hora para a honrosa aposentadoria. Mas nos tempos em que as puttyellys e puttyneyres da vida fazem a festa nesse meio, creio que o futebol esteja perdendo um dos maiores exemplos em atividade.

  2. Sei lá, colegas. Mas, se ele tivesse ido para fora e ganho uma grana, com mais projeção internacional, não seria bom também? Talvez até melhor. Ficou por aqui, ao que consta, boa gente. Mas, afinal de contas, é um profissional. A época em que ele poderia ter saído, era áurea em termos de mercado futebolístico internacional, mesmo para goleiros, que não eram tão procurados no Brasil. Independente de torcida, o time dele esteve e está numa pinimba técnica de dar pena. Talvez o pior dentre os grandes de São Paulo. Ele ficando aqui não conseguiu acertar isso. De todo modo, pela coragem e denodo, parabéns. Tomara que esteja rico. Bem rico. Muito rico. Milionário…Bi…

  3. Foi uma bela carreira.

    E uma bela despedida, na hora certa.

    Como foi bela a homenagem que o SC Corinthians Paulista fez para ele hoje.

    E como é um indivíduo com a cabeça no lugar, certamente fez seu pé de meia. Não chega a ser milionário, mas não terá problemas financeiros pelo resto da vida, até porque, consta, o Palmeiras é um clube que paga em dia e não paga mal…

  4. E lá se vai um ótimo profissional. Quanto a ter recusado ir para a Europa, é da personalidade quieta dele, coisa rara num setor de marivaldos-que-engravidam puttyelis (Claudio, eu ri com sua “incorporação”). Ele é casadinho normal e vai prosseguir a carreira numa boinha também. Grande cara!

  5. Pelas entrevistas que vi e ouvi, o Marcos adquiriu um grande acervo de histórias. Muito provavelmente deve receber propostas para integrar alguma equipe de esportes no rádio ou tv. Um cara desse naipe ultrapassa as fronteiras dos clubes que adotam.

  6. Discordo que o Ceni seja um bom-moço falso. Ele é apenas a cara do São Paulo, um tipo um pouco engomadinho demais, meio mala, lembra mais um jogador de tênis que um boleiro. Deve ser por isso que a torcida tricolor se identifica tanto com ele. Rogério Ceni é correto e é um fenômeno. Ceni joga melhor, é um goleiro superior ao Marcos — apenas não reúne as qualidades humanas que sobram no Marcos. Mas quem, no futebol, de ontem ou de hoje já reuniu? A comparação entre os dois, nesse sentido, é injusta.

    (sou Palmeiras por influência paterna, mas tenho paixão descontrol pela Portuguesa — se Deus quiser, 2012 vai ser o ano da Lusa)

  7. Refer, um jogo, não lembro contra quem, em que o cara ia bater um pênalti contra o São Paulo. Antes, o Ceni foi lá cochichar algo no ouvido do batedor. Me pareceu algo, senão suspeito, inadequado. O que um goleiro tem de ir falar com um jogador que vai bater o pênalti? Muito estranho. Desde então… Além de tudo, pessoas muito certinhas me causam profunda desconfiança.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s